Fachin nega a Lula liminar para evitar prisão

Ministro também remeteu o mérito do habeas corpus ao plenário do Supremo Tribunal Federal

Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo/BRASÍLIA

Lula. Foto: REUTERS/Leonardo Benassatto

BRASÍLIA – O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido de medida liminar do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para evitar a prisão do petista até o esgotamento de todos os recursos no caso do tríplex de Guarujá. O ministro também decidiu submeter ao plenário da Corte a análise do caso.

+ Pertence já foi advogado de Lula no STM

Caberá à presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, definir a data do julgamento. Ainda não há previsão de quando os 11 ministros da Corte vão discutir o habeas corpus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *